terça-feira, 7 de agosto de 2018

QUEM ERA EU


Eu acordo cedo toda manhã, lavo o rosto e como uma maçã
Não era o que eu queria, mas aquele cafezinho preto que tanto gostava
também não podia.

Eu costumo escutar Chico e todos os velhos clássicos da boêmia
Não era o que eu queria, mas aquele rock emocore da adôlecencia
não mais me cabia.

Eu saio para trabalhar caminhando, observando tudo ao meu redor
debaixo do sol quente do meio dia
Não era o que eu queria, mas se não trabalhar para pagar os boletos
quem pagaria.

Eu estou rodeada de pessoas que vivem a me comprimentar
um sorriso na cara e um oi levianamente sem se preocupar
Não era o que eu queria, mas não sei em qual momento me perdi
onde deixei os verdadeiros amigos
eu deixei e não sabia.

E no final do dia, já não podia, ou não cabia, nem pagaria, nem ao menos sabia:
Quem era eu!

Autoria: Simone Cajá
"Pode copiar, mas dê créditos por favor."





2 comentários: