quinta-feira, 31 de julho de 2014

Hum, legal.



Se tinha uma coisa que gostávamos de fazer quando chegávamos do trabalho era ficar sentados na sala falando. Falando sobre o dia, sobre a noite, sobre ontem e sobre hoje. Ele no mesmo lugar de sempre deitado no sofá de barriga para cima com as mãos do celular preso em um mundo de luz, cores, tecnologias e falsos amores. Eu no lugar de sempre no chão com a bunda no gelado com o cinzeiro do lado.  Ao fundo o som instrumental de um filme que tínhamos visto e que não saia da minha cabeça. Tudo era como era sempre eu falava e falava e falava muito e tudo que tinha era um: - “hum, legal”  Fica impressionada como era essa a única reação que tinha depois de vários assuntos contatos, podia ter contado que tinha ganhado na loteria, podia ter contato que tinha sido atropelada, acho que podia contar até que tinha morrido que a resposta seria: -“hum, legal.”.

Autoria: Simone Cajá

"Pode copiar, mas dê créditos por favor."

Nenhum comentário:

Postar um comentário