quarta-feira, 26 de junho de 2013

Retórico



Não é a coisa certa a se fazer. Ponto.
Mas mesmo assim fez.
A questão é que não tinha como controlar.
O clima estava a favor, a conversa, a música, o dia.
As palavras sumiram.
Só sobrou o ...

A questão é que em uma fração de segundos
todo sumiu, e aquilo de importante
ficou inrelevante.

E o pior de tudo,mesmo não sendo a coisa certa.
Eu queria.

Eu ainda quero.
Autoria: Simone Cajá

"Pode copiar, mas dê créditos por favor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário